sexta-feira, 14 de agosto de 2009

VIAGEM





Nepal e seu povo auscultam as montanhas...
Ecos divinos vindos do Himalaia trasbordam sapiência
Lições de amor de elevação maior!
Ensinam o cultivo da harmonia 
ESPERAR com PAZ...
Beleza mor de todas as ciências!

De repente, me envolvo com a paisagem,
Desfiladeiro de uma cor tão alva
E tal fumaça erguendo um letreiro
Descobre o verbo e se revela inteiro.
O EVERESTE, meu pouso na viagem!

O Poeta é monte; o Monte é poeta!
Derrama amor, sugere o bem viver:
“A vida é preciosa...
Não deixa escapar o tempo oportuno!
Aprende a conviver!
Não há melhor lugar e companhia
Com quem erramos, podemos aprender...

Entende o outro e terás compreendido
A solução existe: o bem querer!
Rebelar-se quanto às divergências
É estratégia errônea no entender...

Trabalha em ti o perdoar!
Reveste tua mente de criança,
Inesgotável fonte de esperança!

Ouve a voz da intuição!
Encontro Criador e criatura...
Por onde andares, deixa tua marca!
Do riso aberto presente em dose certa
Contagiante bom-humor!

Propaga tuas cantigas pelo mundo,
Volve os olhos para teu semelhante!
E, se a ventura bater em tua porta,
Se a morada simples virar um castelo,
Faz entrar também a honestidade,
Valoriza as origens!
Conserva teus valores"!"...

Ah!... Montanha Asiática!
Silêncio fortalecedor...
Intensiva jornada
Para o “EU” inovador!



Graça Campos
Todos os direitos reservados ao autor. Não autorizada cópia. Indique a leitura através deste blog: http://gracacampos.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário