terça-feira, 13 de outubro de 2009

Homenagem a Luiza

Foto e Poema: Graça Campos


Ser divino




Eu te bendigo, criança!

Ser divino Alfa

Que traduz a leveza de minha alma e

Deixa-me tornar eu mesma


Tu, que plantas sonhos de viver

Vestida de cor de rosa

Fada do Amor

Tu és néctar, flor!


Quando te vejo

Pego carona na tua viagem

Retorno ao mundo esperança


Salve criança!

Doce borboleta

Deixa-me levitar contigo

E desvendar os segredos dos teus olhares pensativos!


Tuas mãos criam mil brinquedos

E tecem preces avulsas, quietas, inquietas...

Teus pensamentos ao longe vão buscar a formosura

E trazes encanto, doce criatura!


Em teus tropeços atrapalhados, cais e te levantas

Correndo atrás de teus sonhos...

Ser divino!...






Autora: Graça Campos Belo Horizonte, 12/10/2009.
(Homenagem à Luiza, minha neta adorável!)

Todos os direitos reservados ao autor. Não autorizada cópia. Indique a leitura através deste blog: http://gracacampos.blogspot.com

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Ser Divino

Créditos da foto: Jornalista Luciana Campos

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Exposição na Galeria da Árvore


A foto exposta é do Gabriel Pessoa.


Crianças fotografadas nos remetem a reflexões profundas!

"UM FAROL DE ESPERANÇA, DE COMPREENSÃO E DE MUDANÇA"
Projeto e direção de Regina Mello
Exposição de fotos:
Encontram-se trabalhos dos fotógrafos Gabriel Pessoa, Regina Mello,
Cristina de Freitas e Eduardo Rennó.

A mostra em banneres, estará durante o mês de outubro, a céu aberto, na Alameda das Bounganvilles dentro do Parque Municipal Américo Renê Gianetti), em Belo Horizonte, MG. (Centro)


Vale a pena conferir!


Graça Campos
Belo Horizonte, 09/10/2009.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Esquinas




Um casal dispersa a pressa

E rouba a cena

Entre beijos

Mais ali outra esquina

Um menino correndo se esconde

Brinquedo...

Outra rua e as esquinas se dobram gentis aos passantes

Convite: “Devagar e sempre”

Todas as ruas sem pressa, sem roubos

Sem assaltos
Só saltos
Altos e baixos

Ou simplesmente pés caminhando descalços...

Nas ruas e esquinas avista-se paisagem serena

De um horizonte possível...




Graça Campos / Belo Horizonte, 08/10/2009.

Todos os direitos reservados ao autor. Não autorizada cópia. Indique a leitura através deste blog: http://gracacampos.blogspot.com

Madrugada





A cidade esfrega os olhos

As janelas amarelam-se de luz a cada comando

Parecem pisca-piscas natalinos

Da grande árvore urbana.

Que acorda e se levanta, encara o dia - a - dia

Ainda tímida manhã, escuro próprio da hora

E a gente se banha se arruma e sai

Com qualquer coisa faltando

E corre para pegar ônibus

E corre , atravessa a rua

E corre para parar.

Para chegar...

Para voltar

E o ziguezague anda

Em outra madrugada...



Graça Campos Belo Horizonte, 08/10/2009.

Todos os direitos reservados ao autor. Não autorizada cópia. Indique a leitura através deste blog: http://gracacampos.blogspot.com

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Poietisas

Poietisas Da esquerda para a direita Neusa Ladeira, Regina Mello, Bilá Bernardes, Maria Queiroz, Graça Campos e Lívia Tucci. Do projeto POIETISA, elaborado por Clevane Pessoa de Araújo Lopes com o fotógrafo Marco LlOBUS, Presidente da Rede Catitu Cultural.
As mulheres de mais de 50 anos que escrevem poesia na capital de Minas Gerais, Belo Horizonte fotografadas, entrevistadas, gravadas.

Um livro-álbum será o produto final desse projeto.

Graça Campos, Belo Horizonte, 09/10/2009.