domingo, 9 de maio de 2010

Não, as MÃES não morrem

Foto: Arquivo pessoal


Não, as mães não morrem

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Resposta a "Minha Mãe Morreu?"de Vânia Diniz.

Não, as mães não morrem em tempo ou lugar algum.
As mães são asas de raizes profundas e copa generosa
fortes quais os baobás, mas graciosas quais as alamandas,
amarelas ,lunares, solares, perfumadoras do ar em torno.
Quando suas almas passam a outra dimensão para descansarem,
deixam a alma projetada, ao nosso saudoso olhar.
E nós, que ficamos para sempre órfãos, de tanta grandiosidade,
e beleza imensurável, podemos sentir o aroma do seu amor.
para sempre em torno de nós, e ver o perfil grácil ,de galhas para o alto,
a dançar na brisa, ou recolher a chuva da bondade,a abrigar,
dadivosa e forte,a passarada de nossas lembranças
que ali se abriga ,a todo instante,intemitente,a cantar.
Basta que fechemos os olhos e veremos, com exatidão,
essa mãe presente na ausência, ouviremos sua voz,
e reconheceremos seus pequenos e grandes gestos de carinhos...



Autora: Clevane Pessoa de Araújo Lopes
Publicado em http://www.komedi.com.br/escrita/leitura.asp?Texto_ID=3900

Publicado em http://gracacampos.blogspot.com/




O Adeus de um Sonho

Você se foi tão de repente, que mal deu tempo de se despedir de alguém.
Pessoas que tanto a admiravam...
Mas, a vida é assim mesmo. Partiu sem dor, sem ressentimentos. Você se foi, mas deixou-nos um legado de coisas boas que você fez.
No pouco tempo em que convivemos, aprendi a ser o que sou.

Obrigado, mãe, por você ter existido! Saudades!

Do seu filho ARI à sua mãe Conceição Campos.


Autor: Ari Campos, 26/04/2010.

Hoje você estaria com seus 85 anos de idade.

“Você continua viva em nossos corações!”

Homenagem ao Dia das Mães! Maio/ 2010.



Um comentário:

  1. Oi Graça Campos. Seu blog está muito bom. Agora sou sua seguidora com muito prazer.
    Abraços iara abreu

    ResponderExcluir