sexta-feira, 15 de outubro de 2010

À MESTRA, COM CARINHO

Galga os ares, ganha espaço, voa
E dentro do som que do seu peito ecoa,
Ensina docemente em maestria
E canta em versos a filosofia.


Fala não somente com a visão,
Mas mostra o interior do coração
A todos que vislumbram em fantasia,
O amor em flor em vasos de emoção.


Na entonação, na cor da inspiração,
Vai conclamando em olor sua lição
De repassar aquilo que sonhou,
Aos seus queridos filhos coirmãos.


Pois é no despertar do ser que soa
O alvorecer, a liberdade que povoa
A integrar em harmonia aluno e mestre,
A derramar de si sua alegria.


Na voz dentro da voz do aprendiz,
Que iluminada pulsa, vibra e expande
O externar da gratidão contida
Dentro do agradecer da própria vida.




Á querida mana Graça, pelo seu aniversário.
Do mano Leonildo
Abril de 98.



Compartilho e repasso a homenagem. Aos "mestres", com carinho.
Graça Campos
Poema. À MESTRA, COM CARINHO.
Autor: Leonildo Miranda Araújo Ator e escritor.

http://muraldosescritores.ning.com/profiles/blogs/a-mestra-com-carinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário