segunda-feira, 1 de novembro de 2010

CHUVA

Imagem do Google



Abençoada chuva
Tão desejada
Pela flora
Caiu como uma luva

Refresco bom
De se beber o instante
E se molhar

Chuvisca fria e calma
E acalma a ânsia tola
Desse mundo seco

Faz germinar
Sementes de amanhecer
Um tempo bom
Respingos de amor...




Graça Campos, 01/11/2010.
CAMPOS, Graça. Poema. CHUVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário