segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

BEM-VINDO, 2011!



E vai passando essa data luminosa e promissora assim como um cometa a desfilar veloz aos nossos olhos.
Ainda em estado de encantamento a ternura não se perdeu por aí.
Apenas o Papai Noel se foi, deixando alguns lembretes, por questões de pequenos detalhes nas medidas das roupas e calçados, todos já recomendados, endereços anotadosse necessárias algumas trocas.
Alguém ali, acolá, fica à espera de um próximo e feliz natal, quem sabe...
Agora é recriar o sonho que se tornou retardatário. Levantar, sacudir a poeira, e ultrapassar o grande portal!
A pressa continua para a virada com direito à dança das horas.

Há um pouco de tudo para festejar o ano que está vindo. Pé direito. Simpatias, crendices, enfim, essas tradições que  fa zem parte das comemorações.
As cores  mensageiras e significativas marcam presenças, destacando-se o branco e o amarelo, que trazem sorte, dinheiro o bolso, e saúde para dar  e vender...

Ano  do Coelho no horóscopo chinês trazendo a calma propícia às reflexões que geram harmonia seguida do despertamento para as questões dos deveres...

Ao suspiro derradeiro um “Adeus Ano Velho”, e ao primeiro minuto um despertar dos desejos de “que tudo se realize no ano que vai nascer”. Haverá outra ceia, promessas e pedidos, juras e oferendas que as águas do mar carreguem e que tenham destino certeiro... Shows pirotécnicos, verdadeiros cenários artísticos que não podem falhar.

E na hora H as pessoas se abraçam no misto de emoção, temor e desejo, saudades, e uma vontade imensa de renovação na busca de serem felizes...
Essa tal felicidade que é posta fora e distante, enquanto a idade feliz mora dentro, bem ao nosso alcance.
Na tentativa incessante, continua-se a buscar...  Na parceria, nas brincadeiras mais simples que poderiam fazer de qualquer dia um novo começo.

Reveillon é preciso, é chance do calendário, é data inspiradora do reconstruir, de desfazer barreiras, de abrir o leque, de ver possibilidades, de enfrentar...  Faxina na casa física e mental, remexer as energias, revirar os guardados, repensar as manias.

Nessa noite a vedete se apresenta no encontro dos ponteiros que, ao abraçarem as horas, recomeçam.
Brilham os olhos à procura de outros olhos para os primeiros abraços. Brilham as mentes e as bocas nos beijos saudando o momento inovador.
É a despedida junto com chegada, e isso é mágico, emocionante!
Explode na madrugada a força do nascimento, rebento do novo dia.
Ao novo tempo um brinde, um canto, a melodia entre o choro e o riso, a saudade e a esperança que salta para o mundo mais uma vez...

Que venha 2011! Seja bem-vindo!


Feliz Ano Novo!






Imagem da web





Graca Campos,   2712/2010
CAMPOS, Graça. Crônica. BEM-VINDO, 2011!



2 comentários:

  1. Que venha 2011!!! Que seja um ano abençoado para todos nós... ano de aprendizado... de doação... de evolução...

    Bjo

    Vivi

    ResponderExcluir
  2. Não sou poeta, mas gosto de poesia, especialmente a poesia sensual. Gosto da poesia onde as palavras são sentimentos. Como não sou poeta, me considero divulgadora. Mostro a quem me visita, os poetas maravilhosos que encontro pelo meu caminho...

    Feliz Ano Novo e aparece no meu cantinho!!!!

    O TOQUE DE MIDAS
    http://rosarinho12.blogspot.com/

    Céu Rosário

    ResponderExcluir