domingo, 21 de agosto de 2011

UIRAPURU

Imagem da web

Canta, Uirapuru,
Teu misterioso canto
De amor, és rei
Trazendo a sorte vida afora
Na tua voz maviosa!
Oh, talismã, da úmida floresta,
Tudo é silêncio, as folhas se aquietam
Enquanto as águas estão a sussurrar...
Os outros pássaros cantores ficam mudos
Para ouvirem a tua sinfonia
Suspira o bosque inteiro na magia
Por entre os sombreados soa a música
Uirapuru, deus-pássaro encantado!



Graça Campos, 21/08/2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário