domingo, 11 de dezembro de 2011

PAISAGEM de NATAL


Imagem da Web


PAISAGEM de NATAL

No dispersar do tempo
Leve, a neve se desfaz
Microestrelas cintilantes
Aquietam-se nos pinheiros

Da alva paisagem, os delicados sonhos
Tecidos de encantamento, saltam às vias
Na crença que renasce em noite santa

Os dias precursores são magia
Frios, chuvosos ou ensolarados
Contrastam-se em cenas relevantes
Os braços se abraçam e se aquecem
Nas chamas reluzentes

Ecoa o "silêncio" e a voz dos anjos
Ressoa, e a alma da gente fica em prece
Olhares reacendem a esperança
E a toda idade alcança
Papai Noel, lendário e tão real
Vem de trenó puxado pelas renas
A visitar pequenos e os grandes

Nos lares, mesas fartas, iguarias
E em outros, sapatinhos à espera
Apenas do sustento dessa hora
Onde os afetos se dobram em harmonia

Lá fora em sons e cores fulgurantes
Perduram os desejos e as graças
Mescladas aos sorrisos incessantes
Lembrando o nascimento de Jesus
O Deus Menino da estrebaria
Vem despertar em nós a alegria
E o amor divino!



 
Imagem da Web




Graça Campos, 11/12/2011.
CAMPOS,Graça.Poema.Paisagem de Natal.

Um comentário: