quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

PALAVRAS FINAS


Imagem da web


Houve um tempo de menina
À hora da composição,
Buscava palavra fina
Sementes do coração

Trazia o céu e o mar
Onde as estrelas brilhantes
Convidavam a brincar
Espumas, ondas gigantes.

As colinas verdejantes
Cheiravam a alecrim
Bem alto o sol radiante
Brindava um amor sem fim...

Nos galhos da laranjeira
Encanto e cheiro de flor
De uma ditosa palmeira
Sabiá era o cantor

E o regato cristalino
Cantarolava entre as rimas
Palavras soltas, bonitas
Levando histórias, fascínio

Da aprendizagem da lida
Palavras finas, bordadas
De sentimentos alados
De tantos sonhos da vida!




Graça Campos, 02/02/2012.
CAMPOS, Graça. Poema. Palavras Finas.

Um comentário: