sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

VEICULANDO...

VEICULANDO

Imagem da web



O cara encheu o copo
Virou a “MANIA”
O bafo embebedou o sinal vermelho
Passou a ser, por ordem do INCONSEQUENTE,
O combustível humano

Atropelou

Matou?

Morreu mais um...



Graça Campos /
CAMPOS, Graça. Poema. VEICULANDO.

2 comentários:

  1. É poema, do melhor! SEM DÚVIDA!!!
    No entanto, seria perfeito para VEICULAR nos meios de COMUNICAÇÃO. Ficaria muito bom, numa campanha de trânsito. Menssagem mais que direta: OBJETIVA!

    Parabéns, Graça!
    Um abraço,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  2. Graça amiga : Após três dias de descanso em nosso rancho, regressamos a cidade. Infelizmente no retorno, nos deparamos com vários acidentes automobilísticos, alguns com vitimas fatais...
    Autoridades rodoviárias apuraram a causa principal das colisões " álcool " ao volante. No Brasil a droga etílica legalizada pela ganancia da receita tributária que ela produz, está dizimando aos poucos nossa juventude. Que pena!
    Parabéns pelo texto curto em inteligente apresentação, próprios de sua pessoa.
    Meu abraço amigo, Jerônimo Sales.

    ResponderExcluir