sexta-feira, 2 de novembro de 2012

TEMPORAL




A nuvem grávida
Pariu seu choro
Desabafo do céu

 
Banhou-se o tempo
No temporal
Árvore velha
Caída

Outras viçosas,
Cheias
De vida

Rua molhada
Ainda chovem
Pingos
Gelados
Garotos brincam
na enxurrada
Passou o susto
das
Trovoadas...

 

Graça Campos, 08/10/2010.
CAMPOS, Graça. Poema. TEMPORAL.

Cor de rosa