sábado, 8 de março de 2014

PORQUE A VIDA SE FAZ URGENTE...



Quero a ternura do sagrado feminino
que enlaça o mundo e dá calor,
transborda amor!

Olhar com olhos atentos
visionários que leem rumos além das cordilheiras
sinalizando que é tempo...
Sondar um jeito de trilhar cantando na profunda voz do grito
e do silêncio
captando sons do que há de fora
e do que há de essência...

Secar o pranto, gargalhar o riso
reerguer  das cinzas,
porque a vida se faz urgente
e é preciso ter garra!




CAMPOS, Graça. Poema. PORQUE A VIDA SE FAZ URGENTE...


2 comentários:

  1. Que expressão mana!! O gesto revela a alma. Lindo! ! Bj Bia

    ResponderExcluir
  2. Obrigada sempre! Gestos valem mais que palavras, gestos emanam vida! Beijos

    ResponderExcluir