quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

ESPERA ROSA






No riso transparente da espera, a flor flutua no ventre sagrado
enquanto  anjos  entremeiam em plena primavera,
a plenitude das eras  trazendo notícias das mais belas!
Perfumosa quimera?  Mais que sonhos...

Além, astros ancestrais singram o novo,
entoam sons de estrelas...

 O ser divino cochila no aconchego mais profundo do colo em gestação.
Cá fora, Branca Luz e Espera Azul,  
decerto guardiães irmãos de fé ,
companheiros do caminho...

No coração de luz materna,
a imagem que se forma na sequência do tempo,
no pensamento  de amor paterno,
face terna, eternamente filha
irradiando esplendor...


Vem vindo, formosa, rendada rosa  natureza em festa!
Vem vindo a Lua das meninas em clarão!
No Ultrassom já acena para a VIDA,
Amada neta, doce Catarina!

Graça Campos, 03/12/2014.




Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

Um comentário:

  1. Linda homenagem, a um ser novo chegando. Luz que vem iluminando tantas vidas a sua volta.
    Parabéns, à família.
    Que venha com bençãos e muita saúde.

    ResponderExcluir