terça-feira, 18 de agosto de 2015

A ESPERA


Na paisagem, o verde é esperança onde a figura humana se destaca rosa da vida, do amor e da felicidade!  Ali se sentou no degrau mais baixo da escada de madeira tosca.
O olhar viaja por “terras” que a imaginação não ousa descrever.
Seria a “Espera” o destino da bela donzela? Pois, se tudo é esperar os segundos em que a vida corre? Esperar para nascer, nascer para esperar?
As horas se vão, o pensamento se aflige, a postura impecável guarda, em silêncio, o resfriar da alma. Eternos se tornam os caminhos percorridos no inconsciente. O entardecer se aproxima. Na persistência, a esperança se reveste de cor, e as fantasias sustentam os desejos. 
 Contudo, o tempo é transparente na dureza dos fios da ânsia que vão parar no lamaçal das dúvidas e das questões ainda obscuras. Difícil perceber a brisa do recanto onde a própria natureza se cala diante de tais fatos.
Não há mais tempo!  O aroma das primeiras cenas do dia, do sabonete ao café, e do chá, das fragrâncias minuciosamente escolhidas e preparadas ao banho matinal já estão evaporando. Da roupa e dos adereços para combinar com as notícias, certo desbotamento.
Onde foram voar as borboletas? Os pássaros se recolheram. Tudo se aquieta. Apenas o coração descompassado quer crer, e teima em interpretar a demora, dando aos sonhos, nova oportunidade.
Mas...
Era uma vez... Uma jovem à espera...
Súbito, a presença de alguém desfigurado a entregar o que sobrara daquele ramalhete. Rosas vermelhas! Rosas brancas! Rosas cor de rosa, mensageiras...  E aos pés da menina- mulher, o jovem apaixonado desfalece e agoniza.
Uma emboscada.  Tiraram-lhe a chance de saber que deixaria enlaçado o fruto maior dos amores, que nasceria daí a alguns meses.  
Era uma vez uma jovem à espera...  No colo acalenta o sonho que há de vir...
Maria das Graças Araújo Campos.  MG-Brasil.  A ESPERA.
Graça Campo, 17/08/2015



Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

Nenhum comentário:

Postar um comentário