segunda-feira, 19 de outubro de 2015

BRANCA LUZ, VERSO SAGRADO



Criança amada,
um verso sagrado declamado
entre o riso e choro da emoção de tua mãe
anunciara estrelinha encoberta
ainda no ventre minúscula semente
diante a boa nova de tua existência.
E aquela barriga que virou lua já era destaque presença
Só motivos de sonhos, mensagens unindo a família...

Era mês festejado pelo mundo inteiro quando nasceste
A maternidade não se continha tamanha claridade!
Uma diva, traz à Terra , outra luz radiante...
Duas estrelas brilhantes!

Foi assim que chegaste, amada,
Para orgulhar o brasão e coração da família abençoada
Pequena grande amiga, companhia em prosa e poesia da vida!

Querida princesa:

Daqui a poucos meses, você fará nove aninhos. Que maravilha! Que bênção!
Que a criança feliz que existe em você a acompanhe nas outras etapas que virão.
Sempre alegre,clara como a luz da lua, leve como brisa,
Amada Luiza! Seja muito feliz!
Homenagem da vovó Graça Campos pelo Dia da Criança!
Foto Arquivo pessoal.
CAMPOS, Graça. Poema. BRANCA LUZ, VERSO SAGRADO.
08/10/2013. Imagem Fonte:Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário