segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Relato de uma "florista"

No campo, 
Sintonia
Vida!
Simplicidade
Sabedoria
Olhares de esperança
conversam com as flores  

Respostas. Perguntas?
Respostas!

Relva acaricia em
suspiros leves do vento,
mãos calejadas,
e na face,
um breve riso...

pés cautelosos
caminham, caminham..

boca
espera a hora
certinha!

Vai ter na mesa o pão,
nada mais é preciso,

gratidão!

Quando a vida for sentida, de fato!



Graça Campos, 09/11/2015.Poema. Relato de uma florista.

Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

2 comentários:

  1. Linda borboleta, voou com leveza e 'Graça' entre flores ...Te abraço

    ResponderExcluir
  2. Linda amiga borboleta... Quanta alegria em ver tua mensagem! Gratidão!

    ResponderExcluir