sábado, 9 de abril de 2016

BORBOLETAS APAIXONANTES



Das criaturas, aragem...
Borboletas são sedas mutantes,
Almas de favos, doçura dos instantes...
Alimentam-se de mel, flores vibrantes,
Como folhas de outono
Vão ao chão dos infinitos passos
 E se erguem mágicas...
Por sorte, pousam na palma da mão de jardineiro,
Leveza fantástica em revoada pelo mundo inteiro...
Maria das Graças Araújo Campos
Graça Campos, 26/03/2016. 16:20

Nenhum comentário:

Postar um comentário