quarta-feira, 13 de abril de 2016

OLHOS... Páginas de Expressões Infinitas





 Olhos...
Páginas de expressões infinitas
Palavras mudas bem ditas
Olhos chorosos sem fitas
São frases da alma que dita
No olhar  que paira e fita 
O riso da boca na mina d'água das
 buscas infinitas...
Memória, Memória
Do que foi ao que é,
Até o encontro do que há de vir...
A idade dos olhos escapa
da cronologia.
A idade da vida permite o brilho da iris.
E, nas percepções cromáticas,
o filtro da visão é esplendor de cada olhar,
gestor da arte de observar
o que vale ver e enxergar!
Melhor assim:
Preto no branco
Abrindo e fechando

Páginas Infinitas!




Maria das Graças Araújo Campos. 
OLHOS... Páginas de Expressões Infinitas

Graça Campos, 13/04/2016.


Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

Nenhum comentário:

Postar um comentário