domingo, 1 de maio de 2016

Maio é especialmente repleto de motivos!



Pintura de Willian Bouguereau

Maio é coletivo de datas singulares, traz um quê de romantismo no suave cheiro, fragrâncias de rosas, de devoção, renúncia, celebração e força.
No seu primeiro dia, comemora-se o trabalho, esse privilégio do sustento honesto, quando, consciente e prazeroso, transpira sono calmo no travesseiro amigo. Suor sem mais lamento, apenas atributo de atividades e habilidades, pré- colheita de frutos pingados ou sortidos, suados gotejando riso de alma lavada. Labor, por vezes, árduo, mas que se torna leve com a visão de além, degustando o chá da prosperidade e do dever cumprido.
Maio é florido, ameno, aconchegante, alusivo à estação vindoura.
 Tim-Tim de cristais, maio de amores, união, enlaces, preferido mês das noivas, dos vestidos bordados em mosaicos e caminhos de pedraria. Dos desejos de luas adocicadas.
“Flores de Maio” desabrocham em tons e cores peculiares à sublime época do ano, entre a dourada luz de outono à brancura das manhãs preconizando dias e noites de acolhimento e afetos.  
De alecrim e bálsamo se juntam ramos em respeito às memórias e tocam suaves. No coração da consciência humana, da sofrida história dos negros em seus anseios e direitos ainda ruflam tambores e cenas de abolição!
Datas, motivos!
08 de maio, Dia do Artista Plástico, em homenagem a José Ferraz de Almeida Junior, considerado um ícone entre os nomes mais importantes das artes plásticas no século XIX, no Brasil. Imortal Almeida Júnior em “Moça Com Livro”, O Violeiro, Caipira picando fumo, A Fuga para o Egito, o nobre artista de ITU, São Paulo. Importante, sem dúvida, na pintura, o domínio das técnicas, mas essencial a impressão da essência criativa daquele que transfere o que pensa e vê em seu imaginário, para a visão do mundo.

Maio, motivo imenso de se comemorar...
Mãe, a Flor mais bela! O amor maior do mundo!
Mês das Mães, do amor perfeito! Coração e colo sagrados, do ninar sem fim até o filho dormir, ou se acalmar, dormir e sonhar que ainda está no colo. Das noites e dias em claro, porque mães têm o sono leve ao mais leve sopro de um filho.
Ai, dos ais (dos que saíram de meu ventre) que saíram do ventre... As mães acalentam, sem chance, de não se remediar, transformam-se em leoas, ou elevam a Deus as mais fervorosas preces... 
A ELE suplicam que ampare seus filhos.
Há Dia do SOL no mês de maio! Homenagens e reverências ao astro –rei,  fonte de energia ,  luz que irradia, ilumina e  aquece a vida!

 
Maio é especialmente repleto de motivos!
Bem-vindo, Maio!



Maria das Graças Araújo Campos. Maio é especialmente repleto de motivos!
Graça Campos, 1º de maio de 2016.



Pintura de Willian Bouguereau


Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

Nenhum comentário:

Postar um comentário