segunda-feira, 31 de outubro de 2016

POEMA DE AMIZADE




Eu te  desejo braços envoltos em abraços, 
eu te desejo a poesia alada em versos brancos,
despreocupadas rimas acaso volitantes
e bem querer de fada.


Eu te desejo desenvoltura de dança,
se anelando a cada som instrumental
mas, sem amarras, teus cabelos soltos
no vai e vem de pensamentos alinhados,
nem se importando com algum fio despenteado...

Apenas a lisura colorida, 
e o solfejar cantoria de pássaros.

Eu te desejo a poesia viva
do sentimento e emoção nascida
de cada passo e luta vencida,
guerreira forte e bela que és!


Eu te desejo o degustar sabores 
nas coisas simples mais sutis da vida, 
paz de andorinha, pouso e guarida, 
e leves voos de borboleta, 
lua de sonhos e uma estrela -guia, 
de caminhar a tua autoria, 
maravilhosa amiga!






Maria das Graças Araújo Campos 
Graça Campos, 30/10/2016.
Dedicado a Neiva M Souza, minha amiga querida,
desde os tempos de meninas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário