domingo, 3 de julho de 2016

MÃE, DÁ-ME TEU COLO!


Da janela lateral
vejo
sinto
emociona-me
cena descritível à visão,
indescritível ao coração...


Toques na alma
Palavras mudas
Ação
Comoção...


Penso agir, reagir
Transformar a dor que se fechou no sono dos sonhos im/possíveis?
Ah, suspiros do meu ser humano!
Diga-me: como será o frio e o calor para aquele que, sem saber pedir
se recolhe em profundas angústias?

Mas, a criança fala mais forte e acredita:
Misericórdia!
Mãe, dá-me teu colo!


Maria das Graças Araújo Campos
Graça Campos, 03/07/2016.



Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

ALDRAVIAS (À LUZ)



Aldravia I


bom
 dia
 vida
 cheia
  de
  vida





Aldravia II


vindo
 bem
 serena
 ventre
 estrela
 plena




Aldravia III


Estela
alva
aponta
amor
da
lua



Aldravia IV

esplende
mistério
materno
jasmineiro
em
flor



 Aldravia V

amor
de
mãe
estrela
e
Luna





Aldravia VI


criação
divina 
paternidade
mina
amor
meninas





Aldravia VII

à
luz
intermédio
do
alto
reluz




Aldravia VIII

à
terra
estrelitas
cintilantes
acendem
planeta





Aldravia IX


cristais
fadas
azuis
corações
em 
festa





Aldravia X


astros
emanam
 amor
ação
nascer
ser




Aldravia XI


humano
divino
 plano
desponta
suavemente
reluz...





Aldravia XII


dedico
lavra
palavra
graças
amadas
criaturas


Maria das Graças Araújo Campos
Graça Campos/2016


Iamgens do Google


Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

sexta-feira, 1 de julho de 2016